Pesquisar este blog

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Vlad queria aparecer

Conseguiu!


O deputado federal Wladimir Costa, aquele que tatuou o nome de Michel Temer no ombro direito, teve mais emendas parlamentares executadas em sete meses de 2017 do que em anos anteriores de seu mandato.


Um dos mais ferrenhos defensores de Michel Temer, ao ponto de tatuar o nome do peemdeebista no ombro, o deputado Wladimir Costa (SD-PA), pode ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), nos próximos dias, por peculato; na semana passada, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reiterou à corte seu pedido para que Costa seja condenado. Ele é investigado pelo crime de peculato por, supostamente, ficar com o salário de "funcionários fantasmas" de seu gabinete.
Postar um comentário