Pesquisar este blog

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Lula acusa Moro de cercear novamente a defesa


O advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cristiano Zanin Martins, acusou novamente o juiz Sergio Moro de cercear a defesa de seu cliente.

"O juiz Sérgio Moro interrompeu o trabalho da defesa de Lula na oitiva do ex-diretor geral da Polícia Federal Luiz Fernando Correa, exatamente quando o depoente, na mesma linha dos ex-procuradores gerais da República Claudio Fontelles e Antonio Fernando Barros, também ouvidos hoje, discorria sobre o estímulo e condições materiais propiciados pelo então Presidente Lula no combate à corrupção e a lavagem de dinheiro", diz sua nota.

Segundo Zanin, o depoimento do ex-diretor da PF desmonta a tese de corrupção sistêmica apontada pelo Ministério Público.

Moro afirmou que o juiz "não tem tempo a perder".
Postar um comentário