Pesquisar este blog

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Quem vai para o segundo turno contra Dilma, Marina ou Aécio?



Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (30/9), confirma a tendência de crescimento do presidenciável tucano, Aécio Neves, a estagnação da presidente Dilma Rousseff (PT) e a queda de Marina Silva (PSB) verificada em sondagens de outros institutos. 

A petista se manteve com 40% das intenções de voto no primeiro turno, enquanto Aécio chegou a 20% (crescimento de dois pontos percentuais) e Marina oscilou dois pontos, caindo para 25%. 

É a quarta oscilação positiva do tucano e negativa da socialista. No início do mês, Marina tinha 20 pontos percentuais a mais do que Aécio. Agora, a distância caiu para cinco pontos. 

Quando se considerada a disputa no primeiro turno apenas com os votos válidos (em que se exclui os brancos e nulos), Dilma fica 45%, Marina com 28%, e Aécio com 22%.

No segundo turno, Dilma ampliou a vantagem em relação a Marina. A presidente teria 49%, e a ex-ministra do Meio Ambiente, 41%. Considerando os votos válidos, os percentuais seriam, respectivamente, 54% e 46% a favor da petista.

A pesquisa anterior mostrava empate técnico entre as duas, com os índices de 47% para a petista e 43% para a pessebista. 

Se fosse com Aécio, Dilma teria 50% das intenções de voto contra 41% do tucano. Nos votos válidos, a petista teria 55% e o tucano, 45%.

A margem de erro do Datafolha é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O número de registro da pesquisa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-00905/2014.

O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo. Foram ouvidos 7.520 eleitores na segunda e terça-feira.

Fonte: Correio Braziliense 30/09/2014

sábado, 27 de setembro de 2014

Dilma sobe, marina desce e Aécio se estabiliza,no Data Folha


Faltando pouco mais de uma semana para as Eleições, o Instituto Datafolha divulgou mais um levantamento, onde as duas primeiras candidatas aparecem com treze pontos percentuais de diferença.

Pesquisa Presidencial Datafolha 26/Set/2014


Na última pesquisa eleitoral para presidente em 2014 realizada pelo Datafolha sob encomenda da TV Globo e do jornal "Folha de S.Paulo", divulgada dia 26 de setembro, Dilma continua na liderança, e não está mais empatada tecnicamente com Marina Silva, que aparece na segunda colocação.
Candidato Intenções de Voto (%)
Dilma (PT) 40%
Marina Silva (PSB) 27%
Aécio Neves (PSDB) 18%
Pastor Everaldo (PSC) 1%
Luciana Genro (PSOL) 1%
Eduardo Jorge (PV) 1%
Zé Maria (PSTU)* 0%
Rui Costa Pimenta (PCO)* 0%
Eymael (PSDC)* 0%
Levy Fidelix (PRTB)* 0%
Mauro Iasi (PCB)* 0%
Branco/Nulo/Nenhum 5%
Não Sabe 6%


* Os candidatos que aparecem com 0%, não alcançaram a pontuação mínima de 1% das intenções de voto.

A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 26 de setembro de 2014 com 11.474 eleitores em 402 municípios brasileiros. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob o protocolo nº BR-00782/2014 e foi divulgada no site



Grampo em filha de Jatene afasta Aécio do Pará

Leandro Mazzini27/09/2014
Foto: diarionline.com.br

Repercutiu muito mal em gabinetes de Brasília e na executiva do PSDB a denúncia do Diário do Pará que envolve a filha do governador Simão Jatene (PSDB), Izabela Jatene de Souza.

Tucanos mensuram o tamanho do estrago que a notícia pode causar na votação de Aécio Neves no maior colégio eleitoral do Norte. Em gravação feita pela Polícia Civil em 2011, e vazada agora, a filha do governador pede ao subsecretário de Receita Nilo Rendeiro a lista das maiores 300 empresas do Estado e diz: ‘Vamos começar a buscar esse dinheirinho deles, né?’, sem detalhar do que se tratava.

Aécio , que avaliava com o comando da campanha revisitar o Pará e dar uma força para Jatene, agora quer passar longe de Belém.

Izabela Jatene foi grampeada por acaso. A Polícia investigava o sequestro de um empresário e o principal suspeito era gerente de uma fazenda de Nilo.

Nilo passou a ser grampeado pelo Guardião, um poderoso sistema de tecnologia nacional usado pela PF e secretarias de segurança, que atua como ‘tentáculos de polvo’ – vai grampeando quem liga para um investigado.

Fonte: Coluna Esplanada Blogosfera, 27/09/14

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Caso Izabela Jatene – Laudo comprova que gravação é autêntica

Nilo Noronha e Izabela Jatene: desenvoltura ao tratar por telefone de pedido que fere o Código Tributário Nacional

Nilo Noronha e Izabela Jatene

É verdadeira a gravação na qual Izabela Jatene, filha do governador Simão Jatene, aparece dizendo ao subsecretário da Sefa, Nilo Noronha, que irá “buscar um dinheirinho” das 300 maiores empresas do Pará (veja a conversa na íntegra nesta página e escute a gravação no Diário Online). A autenticidade da gravação foi atestada pelo professor doutor Ricardo Molina, da Unicamp, considerado um dos maiores peritos do Brasil. Molina escreveu e assinou: “Não foi encontrado, ao longo da gravação periciada, nenhum indício de manipulação fraudulenta, podendo a mesma ser considerada autêntica para todos os fins periciais”.

O programa eleitoral de Simão Jatene, candidato à reeleição, que foi ao ar ontem tentou desqualificar a gravação divulgada pelo DIÁRIO com exclusividade na sua edição de domingo, afirmando que ela havia sido manipulada e defendeu a filha do governador, Izabela Jatene, e apresentando uma montagem no trecho da conversa que não se consegue entender o que ela diz. A versão do programa de Jatene foi incluída a frase “para financiar o Pro Paz”. A gravação na íntegra, periciada por Ricardo Molina, pode ser ouvida no DOL (www.diarioonline.com.br), para que sejam tiradas as conclusões de quem fala a verdade. O fato é que a versão apresentada para tentar proteger a filha de Jatene não aparece na gravação original.

O laudo do perito Ricardo Molina, datado do último dia 19, desmonta a versão de que o DIÁRIO teria feito manipulação ou qualquer tipo de fraude na gravação. Os exames de identificação de voz executados por Molina foram realizados com sofisticada aparelhagem, capaz de identificar quaisquer indícios de fraudes ou manipulações, por menores que sejam. Nada foi constatado.

EXPLICAÇÕES

Uma vez comprovado ser a gravação verdadeira e que não houve qualquer fraude ou manipulação, Izabela Jatene precisa explicar se obteve e onde foi parar o “dinheirinho” que ela pretendia buscar nas 300 maiores empresas do Estado. De acordo com os dados divulgados no Portal da Transparência, no Siafem ou no Balanço Geral do Estado de 2011, não há qualquer registro de doações de empresas para as contas do programa Pro Paz ou para as secretarias que participam do programa.

Ao telefonar para o subsecretário de Fazenda, Nilo Noronha, para solicitar a lista das 300 maiores empresas, Izabela atropelou a ética, as boas práticas e formalidades da administração pública. Se havia uma solicitação para uma ação de governo, como alega a campanha de Simão Jatene, a obrigação de Izabela era ter enviado um ofício ao subsecretário da Sefa solicitando o apoio e a resposta dele deveria ser oficial. Até agora não há qualquer prova de que ofícios tenham sido enviados.

ILEGALIDADE

Há ainda um aspecto mais grave, que merece atenção do Ministério Público. Se Nilo Noronha cumpriu a promessa de enviar a lista das 300 maiores empresas do Pará para o e-mail pessoal de Izabela, ele violou o artigo 198 do Código Tributário Nacional, que proíbe a divulgação de dados sobre contribuintes por funcionários da fazenda pública.

Em parecer datado de 1º de agosto de 2002, o professor Ives Gandra Martins, considerado o maior tributarista brasileiro, escreveu: “O artigo 198 do Código Tributário Nacional, em sua redação original, está versado no seguinte discurso: “Sem prejuízo do disposto na legislação criminal, é vedada a divulgação, para qualquer fim, por parte da Fazenda Pública ou de seus funcionários, de qualquer informação, obtida em razão do ofício, sobre a situação econômica ou financeira dos sujeitos passivos ou de terceiros e sobre a natureza e o estado dos seus negócios ou atividades”.

De acordo com Gandra, as autoridades da Fazenda Pública só podem fornecer dados de contribuintes com autorização judicial.

Há, portanto, indícios suficientes para que o Ministério Público e a Polícia investiguem se houve violação deste artigo. Outra questão que precisa ser explicada é porque a gravação sumiu do inquérito e foi apagada do registro da polícia na operação “abafa” para proteger a filha de Jatene de qualquer tipo de escândalo.

Ontem o DIÁRIO enviou à Secretaria de Comunicação do Governo (Secom) pedido de informações sobre os recursos supostamente arrecadados junto a empresas privadas para programas sociais. Até o fechamento desta edição, contudo, os questionamentos do jornal não haviam sido respondidos.

ENTENDA – DIÁLOGO À TONA EM GRAMPO DA POLÍCIA

O diálogo entre Izabela Jatene e o subsecretário da Sefa, Nilo Noronha, foi flagrado quando a Polícia Civil investigava um caso de sequestro de um empresáro em Mãe do Rio, em 2011. O gerente de uma fazenda de Nilo Noronha estaria envolvido no caso. Com telefone grampeado, o gerente ligou para o patrão (Nilo), que acabou tendo também seu celular monitorado: a polícia não sabia de quem se tratava. Só soube quando captou a conversa dele com Izabela, na qual ela pede a lista das 300 maiores empresas do Pará “para ir buscar um dinheirinho deles”. Conforme adiantou o DIÁRIO na sua edição de domingo, 21 de setembro, uma ‘operação abafa’ foi montada para sumir com a transcrição do inquérito e apagar a gravação. Uma cópia do áudio, porém, foi preservada e entregue ao DIÁRIO.

Fonte: Diário do Pará,23/09/14

Dilma continua subindo; Marina descendo e Aécio se estabiliza

Ibope: Dilma tem 38%; Marina, 29%; e Aécio, 19%

Do UOL, em São Paulo23/09/2014


Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23) mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) permanece na liderança da corrida presidencial, com 38% das intenções de voto. A ex-senadora Marina Silva (PSB) aparece em segundo lugar, com 29%. O senador Aécio Neves (PSDB) é o terceiro colocado, com 19%.

O Pastor Everaldo Pereira (PSC) tem 1%. Os outros sete candidatos não atingiram 1%. Somados, eles chegam a 2%. A proporção de eleitores dispostas a votar em branco ou anular é de 7%, e a de indecisos é de 5%. 

Na última pesquisa Ibope, divulgada na terça passada (16), Dilma tinha 36%; Marina, 30%; e Aécio, 19%. Ou seja, a presidente oscilou dois pontos para cima, a candidata do PSB oscilou um ponto para baixo e o tucano se manteve estável. As variações das duas primeiras estão dentro da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

O resultado de hoje confirma a tendência de realização de segundo turno já que a primeira colocada não tem mais do que a soma dos demais candidatos. No confronto entre Dilma e Marina simulado pelo Ibope, a petista e a ex-senadora estão empatadas, com 41%. Contra Aécio, a petista venceria por 46% a 35%.

O Ibope também mediu a avaliação do governo Dilma. A proporção de eleitores que consideram a gestão ótima ou boa passou de 37% para 39%. A parcela que avalia a administração como regular se manteve em 33%. E a fatia dos que entendem que o governo é ruim ou péssimo ficou estável em 28%.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Rapidinhas

Esta eleição tem situações que não podem ser deixadas de lado! Vamos a elas!

O PMDB de Itaituba tem duas candidaturas que dividem o Partido e não contribuem para o crescimento da agremiação. A principal liderança, Valmir Climaco, defende abertamente um candidato a deputado estadual, Hilton Aguiar, que além de não ser do partido, também não é da coligação que seu partido faz parte, enquanto outras lideranças menores. vereador Peninha e o ex-prefeito Roselito Soares, defendem a candidatura de Eraldo Pimenta, que não é de Itaituba, mas de Uruará, onde foi prefeito por dois mandatos e lá a sua candidatura tem grande rejeição. Esses apoios dá um "nó na cabeça de muita gente" e o pior, não vão contribuir para o projeto político do PMDB, em 2016.

Mas uma vez, as pesquisas eleitorais, estão sendo usadas para "fazer a cabeça" dos eleitores e, consequentemente, mudar o resultado da eleição. A Justiça Eleitoral proibiu a divulgação de uma pesquisa da Doxa e o próprio IBOPE não me parece confiável, pois há fortes indícios de que sua coleta de dados não abrange todo o estado, quando sabemos que o Pará tem dois comportamentos políticos diferenciados em se tratando da eleição para governador. Na região do Tapajós e do Carajás, hipoteticamente, o candidato Jatene tem uma aceitação menor que nas outras regiões paraenses. O motivo é claríssimo, o governador se posicionou contrário a divisão do Pará e acima de 90% dos eleitores por aqui votaram a favor da criação dos estados do Tapajós e Carajás. Não deixe que as pesquisas vote por você!

Bancando o esperto, Jatene, tem cinco candidatos ao Senado, que tem apenas uma vaga nesta eleição. Considerando que os candidatos a senador tem nos candidatos a deputado federal e estadual, seus maiores cabos eleitorais, o grupo de Jatene foi todo dividido, o que facilita sobremaneira a eleição de Paulo Rocha, da coligação adversária. Provavelmente a decisão de apresentar os cinco candidatos ao Senado tenha sido tomada imaginando-se um apoio maior ao governador/candidato.

Por falar em esperteza, a lei sempre deixa uma brecha para os que querem se dar bem. Tem candidatos a estadual e a federal fazendo acordos com "Deus e o diabo", para garantir suas eleições. No material de campanha deixam os espaços em branco para preenchimento posterior conforme os acordos, ou então fazem o material sem espaços a preencher, com candidatos de coligações diferentes, usando o CPF de uma pessoa, ao invés do CNPJ do candidato. Aviso aos eleitores: quem tem esse comportamento está mostrando claramente que tem um desvio de conduta. A tendência é que essa pessoa continue tendo práticas que impliquem em desvios de conduta, o que não é bom pra sociedade. Votar nesse tipo de candidato é votar contra você mesmo!

Se trabalha uma eleição de olho na próxima. Assim, esta eleição está, a princípio, projetando e consolidando vários nomes para disputar a prefeitura de Itaituba, em 2016. Há fortes indicativos de que a próxima eleição para prefeito de Itaituba terá em torno de seis candidaturas, portanto uma das mais concorridas dos último tempos.

domingo, 21 de setembro de 2014

IVeiga mantém vitória de Helder no 1º turno


Os novos números do instituto revelam a tendência de consolidação da preferência do eleitorado, mantendo o candidato do PMDB com vantagem


Novos números do IVeiga Consultoria e Pesquisa Ltda, em pesquisa realizada com 1.200 eleitores de 36 municípios paraenses revelam uma diferença de 5 pontos percentuais, tanto na aferição espontânea quanto na estimulada, em favor do candidato Helder Barbalho (PMDB), da coligação “Todos pelo Pará”, contra o candidato Simão Jatene (PSDB), da coligação “Juntos com o Povo”. 

Pesquisa indica vitória de Hélder no primeiro turno

Na espontânea, Helder tem 38,2%, enquanto Jatene aparece com 33%, uma vantagem de 5,2%. Os votos brancos e nulos alcançam 4%. Os que não souberam ou não opinaram, 23,7%. Já na estimulada, o placar a favor de Helder é 42,4% a 37,3%, com diferença de 5,1%. Os eleitores que disseram que votarão em branco ou que pretendem anular o voto somam 3,8%, enquanto 13,8% não souberam ou não opinaram sobre suas preferências.


O resultado, com a diferença em favor de Helder, aponta uma tendência que vem se consolidando, até agora, nas pesquisas do IVeiga: a de que o candidato da coligação “Todos pelo Pará” venceria a eleição já no primeiro turno, em vista de os percentuais de todos os outros candidato ao governo não alcançam a diferença de pouco mais de 5 pontos que Helder mantém sobre Jatene.

A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 19 de setembro e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR00671/2014, para presidente da República, e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número PA00030/2014, para os cargos de governador, deputados e senador. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 3 pontos, para mais ou para menos.

Na consulta espontânea para o governo, o candidato Marco Carrera (Psol) obteve 0,6%; Elton Braga (PRTB), 0,3%, e Zé Carlos (PV), 0,3%. Na estimulada, Elton Braga tem 0,8%; Marco Antônio (PCB), 0,3%; Marco Carrera, 1,2%, e Zé Carlos, 0,5%. Em caso de segundo turno, Helder também venceria Jatene, por 43,3% contra 40%. Os que votariam em branco ou anulariam o voto, 7,5%, e os que não souberam ou não opinaram, 9,3%.

Os pesquisadores do IVeiga perguntaram aos eleitores quanto à intenção de voto e o resultado foi o seguinte: 49,6% consideram definitiva a opção por um candidato, 26,4% declararam que ainda podem mudar o voto, 15,4% disseram que dificilmente mudarão, enquanto 8,6% não souberam ou não quiseram opinar. Perguntados em qual candidato não votariam para governador, 31,1% citaram o nome de Simão Jatene. Outros 26,1% mencionaram Helder Barbalho; Elton Braga, 2,3%; Marco Antônio, 2,2%; Marco Carrera, 0,7%, e Zé Carlos, 3,2%.

Paulo Rocha lidera para o Senado
A disputa pelo Senado aponta a liderança do candidato Paulo Rocha (PT), que amplia sua vantagem sobre os concorrentes: ele tem 19,3% das intenções de voto contra 12,3% de Jefferson Lima e 9,1% de Mário Couto (PSDB); Duciomar Costa (PTB) aparece com 3,1% e Helenilson Pontes (PSD), também 3,1%. Os demais candidatos tiveram a seguinte pontuação: Angela Azevedo, 0,6%; Eliezer Barros, 1,4%; enfermeira Marcela Tolentino, 1,7%; Pedrinho Maia, 0,2%; professor Simão, 0,8%; Renato Rolim, 0,3%. Brancos e nulos, 6,3%. Não souberam ou não opinaram, 42%.

Resposta espontânea e estimulada  
A eleição para presidente da República apresenta os seguintes números, na espontânea: Dilma Rousseff está na frente, com 39,7%, contra 29,8% da candidata Marina Silva, e 13,5% de Aécio Neves. Os percentuais de outros candidatos: Eduardo Jorge, 0,3%; Eymael e Levy Fidélix, 0,2%; Luciana Genro, 0,3%; pastor Everaldo, 0,7%; e Zé Maria, 0,1%. Os votos brancos e nulos somaram 2,8%, enquanto outros 12,5% de eleitores não souberam ou quiseram opinar.

Dilma fica em primeiro lugar no primeiro turno, no Pará
Na estimulada, Dilma tem 39,8%, Marina, 31,5%, e Aécio, 13,8%. Os candidatos Eduardo Jorge e Levy Fidélix obtiveram 0,2%; Eymael e Luciana Genro, 0,3%; pastor Everaldo, 1,0%, e Zé Maria, 0,8%. Os eleitores que manifestaram voto em branco ou voto nulo somaram 2,7%, enquanto 9,5% não souberam ou não opinaram.

No segundo turno, se a disputa fosse entre Dilma e Marina, a segunda venceria a atual presidente por 46,8% a 43,2% . Brancos e nulos, são 5,7%. Outros 4,3% não souberam ou não opinaram. Caso o embate fosse entre Dilma e Aécio Neves, a presidente teria 50,15, enquanto o candidato do PSDB, 37,4%. Os brancos e nulos, 6,8%. Não souberam ou não opinaram, 5,7%.

Problemas 
O IVeiga quis saber dos paraenses qual o principal problema que aflige a cidade onde eles moram. A saúde ficou em primeiro lugar, com 37% e a violência em segundo, com 27,7%. As ruas esburacadas ocuparam o terceiro lugar, com 9,3%, seguido de educação, com 4,6%, falta de água e luz, com 2,7% e 2,5% respectivamente. 

Na avaliação dos pesquisados, o governo de Simão Jatene tem uma gestão 44,4% considerada regular, 20,2%, boa, e 26,4% ruim. O aspecto mais negativo do atual governo, para 30,4% dos entrevistados, é a ausência do município. Os eleitores que não souberam ou não opinaram, 38,3%. 

Fonte: Diário do Pará, 20/09/14

Em agenda, Paulo Roberto Costa ironiza pobre e corrupção

Leandro Mazzini, 21/09/2014 14:30


Na devassa do material recolhido do escritório de Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobrás preso em março, a Polícia Federal continua intrigada com a motivação do executivo para frases escritas em sua agenda particular.

Entre contas e nomes de possíveis propinados em muitas páginas, numa delas Paulo citou uma pensata do saudoso Millôr Fernandes:

‘Acabar com a corrupção é o objetivo supremo de quem ainda não chegou ao poder’.
Charge de ALIEDO – http://aliedo.blogspot.com

Em outro trecho, logo abaixo, nova frase: ‘o rico acorda tarde para reclamar /o pobre acorda cedo para trabalhar’.

Paulo Costa continua detido na Superintendência da PF em Curitiba, onde presta depoimentos sigilosos à Justiça, sob delação premiada.

Fonte: Uol, 21/09/14

sábado, 20 de setembro de 2014

Eraldo Pimenta, candidato a deputado estadual, não apresentou prestação de contas à Justiça Eleitoral


Todos os candidatos que estão concorrendo as eleições de 05 de outubro de 2014, em todos os níveis, são obrigados a entregar a Prestação de Contas de suas campanhas a Justiça Eleitoral nos prazos determinados na Resolução nº 23.406 do TSE. São três prestações de contas no decorrer do processo eleitoral, a primeira entre 28/07 a 02/08, a segunda entre 28/08 a 02/09 e a terceira até 04 de novembro do corrente. 

De acordo com o site da Justiça Eleitoral (www.tse.jus.br), o candidato a deputado estadual ERALDO PIMENTA/PMDB, apadrinhado do ex-prefeito de Itaituba, Roselito Soares, não entregou nenhuma das duas prestações de contas parciais.

Em Uruará, onde foi prefeito por dois mandatos, deixou pendências diversas que foram ajuizadas pelo Ministério Público e estão tramitando na Justiça. Em Itaituba, seu maior cabo eleitoral é o ex-prefeito Roselito Soares, que também, está em débito junto a Justiça, impedido até de concorrer a cargos eletivos.

Mais um "abacaxi" para o Eraldo!

4 irmãs completam 15 anos casadas com 4 irmãos

Três dos quatro casais que se formaram de duas famílias (Foto Luisa Dörr/Folhapress)

O assunto casamento é familiar para o clã Cruz. Primeiro porque eles já foram entrevistados para um sem número de matérias desde que se casaram, 15 anos atrás. Segundo porque carregam o sobrenome quatro irmãs vindas de Minas Gerais que se casaram com quatro irmãos vindos da Bahia.

Os quatro irmãos e as quatro irmãs continuam sendo uma família.

Completam neste mês bodas de cristal. Ou seja, 15 anos casados e morando todos na mesma rua, em Itapecerica da Serra, na grande São Paulo.

Idelsom e Claudia, ambos com 47 anos, foram os primeiros a namorar. “A gente se conheceu numa festa em São Paulo”. Ela já estava comprometida com outro, então não deu muita trela de início.

O dia do casório, invadido por vizinhos que ouviram a notícia no rádio (Foto Reprodução)

Mas a resiliência é uma característica típica dos homens Cruz. “Eu fui atrás até conseguir”, conta ele.

Depois de conquistar a primeira irmã, Idelsom começou a levar o irmão Ivanilton, com quem trabalhava numa oficina, às festas da família dela, que já estava toda em Itapecerica da Serra.

Foi num dos eventos que Ana Silvana Cruz, 39, e Ivanilton Cruz, 40, começaram a se dar bem. “E ficamos juntos. Parecia piada, mas não era”, conta ela.

O penúltimo casal Ivonaldo Cruz, 38, e Fátima Cruz, 34, se formou por escrito. Ele era noivo de outra, mas confessava ao seu diário que estava apaixonado é pela irmã das suas cunhadas. Um dia, ela achou o diário e revelou a paixão recíproca.

Os quatro irmãos baianos, de Candeias (Foto Reprodução)

O último casal a se formar, na prática, foi o de Vilmena Cruz, 36, e Ivonildo Cruz, 37. Porque na teoria ele já existia. As irmãs tinham mostrado a Vilmena uma foto do último irmão, que ainda estava na Bahia, e ela caíra de amores. “Eu dormia com a foto dele debaixo do travesseiro.” Chorou nas duas vezes que falaram por telefone, antes de ele aportar em São Paulo.

E como é a relação das quatro noras com a sogra, Maria da Glória Aragão da Luz? “Ela é uma pessoa muito importante para a gente, especial”, diz Fátima.

As quatro irmãs mineiras, de Francisco Badaró (Foto Reprodução)

Meses depois de o último dos quatro pares de irmãos de unirem e no aniversário de 11 anos de namoro do primeiro casal, em 1999, todos diziam sim numa igreja católica em Itapecerica da Serra, onde o clã mora até hoje. Acontece que o casório virou notícia. “O Eli Correa falou no programa de rádio dele e o bairro inteiro invadiu a festa. Nem conseguimos aproveitar nada”, diz Claudia.

Desde então, a vida foi pacata. A maioria deles fez faculdade, alguns abriram negócios próprios e todos seguem a morar na mesma rua, mas agora com seis crianças que nasceram dos casamentos.

Claudia, Fátima, Ana Silvana e Vilmena: 15 anos depois (Foto Luisa Dörr/Folhapress)

Mas 2014 é o ano de recuperar a festa que eles nunca puderam ter. Querem comemorar os 15 anos de casado, as bodas de cristal. 
“Vamos só esperar minha mãe, que está com problemas de saúde, melhorar. Mas queremos uma festona”, diz Fátima. “Você acha que conseguimos patrocínio?”


Fátima e Ivonaldo, Idelsom e Claudia e Ivanilton e Ana Silvana, que moram na mesma rua (Foto Luisa Dörr/Folhapress)

Fonte: Folha de S Paulo, 20/09/14

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Unesco contrata liderança indígena como consultora

Iza Tapuia (foto), minha colega de turma na Universidade Federal do Pará, entre 1992 e 1997, onde cursou Ciências Sociais com ênfase em Antropologia, santarena e liderança indígena no Pará, acaba de assumir o posto de consultora da Unesco, organismo da ONU (Organização das Nações Unidas) voltado para Educação, Ciência e Cultura.

Ela foi contratada para dá consultoria especializada no âmbito da educação escolar indígena.

Iza vai se debruçar especificamente em um estudo sobre a criação de uma instituição de educação superior intercultural indígena, cujo objetivo é promover, por meio do ensino, pesquisa e extensão, atividades voltadas para a valorização dos patrimônios epistemológicos, culturais e linguísticos dos povos indígenas.

Existe cerca de 8 mil indígenas em cursos universitários em todo o país.

Esse estudo é feito em parceria com o MEC (Ministério da Educação).

A nomeação de Iza Tapuia como consultora é consequência de um rigoroso, nacional e concorrido processo seletivo.

Fonte:Blog do Jeso Carneiro, 19/0914

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Rapidinhas

O mundo inteiro sabia. Aliás, o universo sabia que o Paulo Roberto Costa não ia falar nada na CPI, ontem. Qual o custo dessa operação ? E o tempo perdido, que o cara podia estar contando mais coisas à PF ?

Na visita de Jatene à cidade de Itaituba, o deputado e candidato a reeleição Hilton Aguiar, fez o papel de papel de papagaio de pirata, apareceu sempre "grudado" ao governador.

A Coligação União Pelo Pará, integrada pelo PSDB, PSD, PSB, PP, PSC, PTB, PPS, PTdoB e PTC deve eleger de quatro a seis deputados federais. Os favoritos são o delegado Eder Mauro/PSD, Wlad/SDD, Nilson Pinto/PSDB, Josué Bentson/PTB, Arnaldo Jordy/PPS e Vandenkolk Gonçalves. Chapadinha, se chegar, é azarão!

Dos candidatos vinculados a Itaituba e região, todos tem dificuldades enormes para serem eleitos. Hilton Aguiar/SDD e Eraldo Pimenta/PMDB, por que integram coligações muito fortes e precisam de um caminhão de votos; Leonard Cabral, porque tem concorrentes internos com grande potencial de votos e é pouco conhecido na região; Wescley Tomaz e Anézio Ribeiro, porque não tem campanhas bem estruturadas.

No debate presidencial em Aparecida, Luciana Genro/PSOL, disse verdades incontestáveis a Aécio, Dilma e Marina, que não tinham o que responder. 

Finalmente Itaituba, tá ficando com jeito de cidade. Algumas ruas asfaltadas e a diferença já está sendo notada. Trabalho razoável e rápido! O BEC, como sempre, é lerdo para fazer o seu trabalho e tem muita gente para olhar e pouca para trabalhar!

A eleição para governador no Pará está muito acirrada, cabeça a cabeça! A diferença, percentualmente falando, pelo visto será muito pequena!

Por falar em eleição, esta está muito fria, sem estímulo!


Em meio à recessão, desemprego sobe pela 1ª vez desde 2009

Pesquisa divulgada pelo IBGE mostra que a situação é mais preocupante no Norte e no Nordeste, onde a taxa da população desocupada chegou a 17,2% e 11%, respectivamente

Embora o governo comemore os baixos níveis de desemprego registrados no País, os números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram uma situação preocupante no mercado de trabalho. De 2012 para 2013 houve um crescimento de 7,2% na taxa de população desocupada no País (pessoas que estão procurando trabalho). A situação é mais preocupante no Norte e no Nordeste, onde esse índice chegou a 17,2% e 11%, respectivamente. É a primeira vez que a taxa sobe desde a crise mundial de 2009 e deve acender o sinal de alerta no Brasil, que está entrando em recessão por conta do baixo crescimento.

Além da queda histórica do setor de agricultura, a indústria perdeu no ano passado 3,5% de postos de trabalho, o que representa 470 mil pessoas sem emprego. Mas por outro lado a construção teve alta de 5,9% na taxa de ocupação, mantendo uma trajetória de crescimento. De acordo com a pesquisa, foram os jovens (de 15 a 29 anos) os que mais tiveram dificuldades de se inserir no mercado de trabalho. Há que se ressaltar também que em todas as regiões, aumentou o número de trabalhadores do setor privado com carteira assinada, atingindo 76,1% em todo o Brasil.

Ganhos

Apesar de terem aumentado seus ganhos salarias de 2013 em relação ao ano anterior, esse aumento de 5,7% em média, ficou abaixo da inflação oficial de 2012: 5,85%. Se em 2012 a renda média do trabalhador era de R$ 1.590,00, em 2013 subiu para R$ 1.681,00. Mas a região Nordeste é onde essa renda média é menor, com R$ 1.148,00, enquanto no Centro-Oeste é onde se ganha mais com R$ 1.992 de média.

Além disso, a Pnad indica que a concentração de renda aumentou. Se por um lado os 10% da população que ganham menos tiveram um crescimento de 3,5% em sua renda, os 10% que ganham mais tiveram 6,4% de aumento. O índice global que mede a desigualdade na distribuição de renda aponta leve aumento da concentração de renda no País, mas destaca que Nordeste essa concentração voltou a ser mais forte, principalmente no Piauí.

A pesquisa mostra também que as mulheres seguem ganhando, em média, menos que os homens, embora essa desigualdade tenha caído. Se em 2012 uma mulher recebia 72,8% do salário do homem, em 2013 essa média subiu para 73,7%. O Amapá foi onde essa diferença foi menor com 98,2%; já em Santa Catarina essa média foi de apenas 64,1%.

Em termos absolutos no Distrito Federal foi onde mulheres e homens ganharam mais. Homens R$ 3.520 e mulheres R$ 2.649. Em São Paulo é os homens ganham em média maiores salários R$ 2.430 e no Rio de Janeiro é onde as mulheres ganham mais, com R$ 1.688 de salário. Em termos relativos o homem teve 13% de crescimento salarial no Rio Grande do Sul e a mulher 16,9% no Amazonas.

A renda média dos domicílios brasileiros que receberam rendimentos em 2013 cresceu 4% em relação a 2012, com ganho médio de R$ 2.983. Nas regiões Sudeste, Sul e Centro Oeste os rendimentos foram mais alto que nas regiões Norte e Nordeste. Em 2013, quase metade dos domicílios brasileiros tinham rendimentos de até um salário mínimo por habitante. De 2012 para 2013 a renda per capita dos domicílios brasileiros crescer 4,8%

Fonte: IstoÉ Independente, 18/09/14

Nova pesquisa: delegado continua em 1º para federal

por Dornélio Silva (*)

Na nova pesquisa de intenção de votos em todo o Pará realizada pela Doxa Comunicação, para deputado federal, aferida de maneira espontânea, em que não se apresenta os nomes dos candidatos, o delegado da Polícia Civil Éder Mauro (PSD) continua em primeiro lugar com 9,8%.

No Leia Mais, abaixo, confira os mais citados.

Em segundo, permanece Wladimir Costa (SDD), com 5,4%.

A terceira posição é ocupada por Beto Salame (PROS), com 4,4%.

Na quarta, com 3,7%, aparece Edmilson Rodrigues (PSOL).

Eder Mauro, Wlad, Salame, Edmilson e Gerson Peres: à frente

Agora, surge Gerson Peres (PP), com 3,4%, em quinto na corrida pelas 17 vagas da bancada paraense na Câmara dos Deputados.

A pesquisa foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará sob o número PA-00027/2014.

Foram entrevistados 1.400 eleitores.

A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos do resultado final, com intervalo de confiança é de 95%. O período de coleta foi de 9 a 12 de setembro de 2014.

Neste link, veja os mais citados na pesquisa anterior da Doxa para deputado federal, realizada no final de agosto deste ano.
CANDIDATOSPERCENTUALRANKING
NS / SR34,3
Branco / Nulo10,2
Eder Mauro9,8
Wladimir Costa5,4
Beto Salame4,4
Edmilson Rodrigues3,7
Gerson Peres3,4
Chapadinha1,6
Sidney1,6
Joaquim Campos1,5
Lúcio Vale1,5
Hélio Leite1,3
Arnaldo Jordy1,2
Chita1,2
Nilson Pinto1,110º
Pastor Josué Bengston1,011º
Zé Geraldo,912º
Beto Faro,9
Dudimar,9
Tocha,9
Ana Júlia,813º
Nélio Aguiar,8
Priante,8
Vieira,8
Miriquinho Batista,714º
Joaquim Passarinho,7
Denise Gabriel,615º
Giovani Queiroz,6
Paula Titan,516º
Mário Moreira,5
Bruna Lorrane,5
Marcelo Catalão,5
Pastor Raul Batista,417º
Zeca Pirão,4
Ademir Andrade,4
Simone Morgado,4
Josias Higino,318º
Magela,3
Nicias Ribeiro,3
Wandekolk,3
Elcione Barbalho,3
Puty,219º
Carlos Alberto,2
Raul Batista,2
Milton Zimmer,2
Geraldo Magela,2
Antônio Armando Jr.,120º
Cabo Quadros,1
Célia,1
Chiquinho,1
Clebson,1
Delegado Fábio,1
Dr. Elenilson,1
Edna Rocha,1
Faisal,1
Jonas Alves,1
José Roberto,1
Lel Marinhe,1
Macapá,1
Marinha,1
Nicias,1
Sidiney,1
Valtinho Moura,1
Total100,0