Pesquisar este blog

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Supremo decide pela manutenção da Lei da Ficha Limpa

O Supremo Tribunal Federal decidiu por 7 votos a 3 manter a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que indeferiu a candidatura de Jáder Barbalho a senador, pelo Pará....Leia mais acessando
http://www.jusbrasil.com.br/noticias/2441047/supremo-decide-pela-manutencao-da-lei-da-ficha-limpa

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Supremo decide: decisão do TSE vale e Jáder está fora!

Anteontem o Supremo decidiu que a sentença do TSE de deixar Jáder Barbalho fora das eleições de 2010 foi acertada e, por tabela, a decisão também vale para os demais candidatos que concorreram subjúdice, o que confirmou a opinião abalizada deste blog, quando nos reportamos sobre a situação de Roselito Soares, antes do pleito ora concluído.

Como a decisão do Supremo é irrecorrível, Jáder Barbalho está definitivamente fora do páreo findo!

Justiça Eleitoral solicita a entrega antecipada das prestações de contas

Os candidatos que concorreram nestas eleições tem até o dia 02 de novembro para aparesentarem suas prestações de contas a Justiça Eleitoral. Os candidatos que não cumprirem o prazo ficarão impedidos de participar do próximo pleito.               

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Prefeituráveis à vista

Terminado primeiro turno das eleições o quadro da disputa eleitoral para prefeito de Itaituba começa a se configurar. Um possível nome é o de Dudimar Paxiúba, que foi candidato a Deputado Federal, obteve 25.095 votos e se credencia ao pleito.

Outro nome, certamente sairá do grupo que tem o deputado Hilton Aguiar como expoente, uma vez que ele pretende se fortalecer politicamente para garantir sua reeleição para deputado estadual em 2014 ou, dependendo do resultado das eleições de 2012, tentar um vôo mais alto.

O prefeito Valmir Climaco, pelo "andar da carruagem", vai disputar a reeleição, enquanto Roselito Soares, "O egoísta", deve lançar alguém de sua família ou apoiar o Afábio, o que não seria novidade nem estranheza uma vez que parece existir uma forte relação de cumplicidade entre eles.

Os Jandaias, com a derrota de Bruno Pará, parece que recuaram.

Outro posssível nome será o do dono do Posto Mimoso.

Não podemos esquecer que a realização de plebiscito para aprovar ou não a criação do Estado do Tapajós não tardará e as eleições de 2014 poderão tomar outro rumo.

Serra ou Dilma? Ana Júlia ou Jatene?

Quem assistiu o debate entre os presidenciáveis pela Band, anteontem, notou claramente que a Dilma estava muito agressiva, demonstrando sua preocupação com o segundo turno da eleição, enquanto Serra tirou proveito da situação e ganhou o confronto.

Pela pesquisa DataFolha Dilma tem 48% das intenções de votos enquanto Serra tem 41%. Portanto, a princípio, Dilma não precisaria partir para o ataque mas, creio que ela está aprensiva porque sua candidatura dá sinais de queda, diante da sua posição quanto ao aborto e da sua trajetória política ser desconhecida. Por outro lado, as pesquisas apontavam Serra com menos de 30% e ele chegou aos 36% após a votação de primeiro turno, presume-se que ele de novo avance para além das intenções de votos detectadas pelos institutos.

Outro dado interessante é que hoje o Brasil está preparado para a vitória tanto de Serra quanto de Dilma. Não pode haver surpresas quanto ao exercício do mandato. No País não há espaço para aventuras políticas. De modo geral, o brasileiro politizado sabe que o governo do PT foi continuidade do governo do PSDB e que um possível governo do PSDB será continuidade do governo do PT.

No Pará, está cada vez mais claro que Jatene tem mais chances de chegar ao Governo do Estado que Ana Júlia. Parte da bancada que se elegeu através da Coligação de Ana Júlia já debandou para Jatene. Foi o que ocorreu com o deputado federal Zequinha Marinho (PSC) e vários deputados estaduais. Vlad, o deputado federal mais votado do PMDB já amarelou. Pelo visto só a sigla do PMDB ficará com Ana Júlia enquanto suas lideranças deverão jatenar.

Quem não sabe cozinhar, queima!




domingo, 10 de outubro de 2010

O projeto político pessoal de Roselito acabou

Mesmo sem ter o registro de sua candidatura aprovado pela Justiça Eleitoral, Roselito Soares, insistiu até o fim. Muitos acreditando em suas mentiras, preferiram "votar" e os votos simplesmente não apareceram. O correto seria o ex-prefeito, com sua popularidade, apoiar um dos demais candidatos para Itaituba, ter a chance real de eleger dois deputados, com isso teríamos mais representatividade e força política.

Como Roselito Soares perdeu seus direitos políticos por 8 anos, ele só poderá se candidatar a partir de 2018 para algum cargo eletivo. Até lá só lhe restará uma alternativa apoiar alguém e já falam que provavelmente ele estará ao lado de Afábio Borges. Se isso acontecer, será um ficha-suja apoiando um desacreditado dentro de seu próprio partido e supostamente envolvido em algumas falcatruas.

Hilton Aguiar é o nosso Deputado Estadual

Dos cinco nomes votados para Deputado Estadual vinculados ao município de Itaituba, apenas o Hilton Aguiar foi eleito. O destaque entre os demais nomes ficou para o Roselito Soares que mesmo não tendo a sua candidatura aprovada pela Justiça Eleitoral, obteve pouco mais de 14 mil votos e prejudicou muito Itaituba. Talvez se ele não insistisse o município poderia eleger mais um deputado e logicamente ter mais representatividade e força política.

Com relação ao Deputado Hilton Aguiar é interessante que se diga que ele lutará bastante para o pólo Itaituba ser contemplado com um Hospital Regional; com cursos de graduação em Direito, Enfermagem e Medicina; com a continuidade das obras da Transamazônica e Cuiabá/Santarém e com liberação de recursos via PAC para a infraestruturação das cidades paraenses, especialmente as de nossa região entre outras. É o que está num de seus panfletos de campanha!!! 

Agora, Hilton Aguiar não é Deputado só de seus eleitores, mas o Deputado Estadual da nossa região. Portanto, vamos cobrar, acompanhar e apoiar as iniciativas do parlamentar. Isso é ser cidadão!!!

Meu currículo foi ampliado

Concluir mais uma tarefa com uma vitória importante: Coordenei a campanha de Hilton Aguiar para Deputado Estadual e ele foi eleito apesar de todas as adversidades. Antes, tive outras participações em campanhas eleitorais como coordenador.

Em 1992, diante do poderio econômico e político de Wirland Freire, coordenei a campanha de Dr. Aldir Viana, para prefeito e não logramos êxito.

Em 1996, coordenei a campanha de Ireno Lima para a Prefeitura e algumas atitudes erradas do candidato, bem como a fraude eleitoral determinaram a sua derrota naquele processo.

Em 2000, em Novo Progresso, coordenei a campanha do candidato petista Ademir Belmiro, que com poucos e inexperientes candidatos a vereadores e pouco recurso financeiro, chegou a 25% dos votos contra a máquina poderosa de Juscelino que foi reeleito.

Em 2002, coordenei em Itaituba, a campanha de Airton Faleiro, eleito deputado estadual, Zé Geraldo, eleito Deputado Federal, Ana Júlia, eleita Senadora e Lula, eleito Presidente da República.

Em 2004, apesar de ser convidado para coordenar a campanha de Afábio Borges para prefeito, recusei e tomei outro caminho.

Em 2006, coordenei a campanha vitoriosa de Lula para a Presidência da República e Ana Júlia para o Governo do Estado. ambos foram eleitos.

Em 2008 colaborei para a vitória de Roselito Soares na sua reeleição para a Prefeitura.

Em 2010, coordenei a campanha de Hilton Aguiar e apesar das dificuldades, principalmente no campo financeiro, ele foi eleito Deputado Estadual.  

Tá provado que sou "pé quente"!!!

Retomando...

Depois de um bom tempo envolvido no processo eleitoral -estive coordenando a campanha do recém-eleito Deputado Estadual Hilton Aguiar - volto a este espaço para fazer o que mais gosto: escrever.